segunda-feira | 15.08 | 4:30 PM

Carnavalescos da Mangueira realizam pesquisa de campo em Salvador

A agremiação desfilará com o enredo “As Áfricas que a Bahia Canta” no próximo ano

0Comentário(s)
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Carnavalescos da escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira realizam uma pesquisa de campo em Salvador como parte da preparação para o Carnaval 2023. A agremiação desfilará com o enredo “As Áfricas que a Bahia Canta”, destacando o protagonismo negro na cultura do estado através dos blocos afros, do axé e da baianidade nagô.

Nesta terça-feira (5), Annik Salmon e Guilherme Estevão visitaram a sede do Olodum, onde foram recebidos pelo presidente da entidade, João Jorge, e parte da diretoria do bloco. Eles passaram ainda pela Casa do Benin, assistiram uma missa na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e acompanharam os festejos do retorno da Cabocla e do Caboclo para o panteão da Lapinha, após as celebrações do 2 de Julho. O roteiro de visitas da dupla de carnavalescos deve incluir ainda os blocos Ilê, Muzenza e Didá, além da Timbalada.

 

Redação Alô Alô Bahia

Foto: Divulgação