domingo | 21.04 | 9:00 AM

Salvador oferece mais de 116 mil consultas e exames oftalmológicos por mês

0Comentário(s)

Foto: Bruno Concha/Secom

Cerca de 1,4 milhão de consultas e exames oftalmológicos. Esse é o número de procedimentos na área de oftalmologia ofertados por ano por meio da Secretaria Municipal da Saúde da capital baiana. Em média, são mais de 116 mil consultas e exames oftalmológicos disponíveis para os beneficiários SUS do município.
A rede é composta por 29 unidades contratualizadas, além dos postos que compõem a rede própria, como os Multicentros de Saúde, que realizam o atendimento gratuito aos moradores de Salvador.

A rede disponibiliza desde atendimentos ambulatoriais de pequena e média complexidade até acolhimento hospitalares e cirúrgicos, abarcando consultas médicas, exames específicos em oftalmologia e tratamentos do Programa de glaucoma, as cirurgias de catarata, dentre outros procedimentos.

Anualmente, a gestão municipal investe mais de R$ 71 milhões na assistência da rede de oftalmologia. Esse investimento supera em 176% o recurso que é alocado no Teto Orçamentário do município de Salvador pelo Ministério da Saúde e que está previsto pela Programação Pactuada e Integrada – PPI para cobertura da especialidade da oftalmologia, expressando o empenho da gestão municipal em viabilizar o acesso do usuário à rede, em respeito aos princípios preconizados pelo SUS.

“Temos como prioridade na gestão municipal a expansão da oferta de serviços de oftalmologia. Para assegurar a assistência integral da especialidade para todos os soteropolitanos, alocamos um valor significativo de recursos próprios para ampliar o acesso aos exames, consultas, tratamentos e demais procedimentos relacionados à oftalmologia ”, explicou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.

Catarata

Dentro da especialidade de oftalmologia, é relevante destacar o atendimento prestado aos pacientes com catarata no município. O único tratamento curativo da catarata é o cirúrgico e consiste em substituir o cristalino opaco por prótese denominada de lente intraocular.

Em 2019, o município realizou 25 mil cirurgias de catarata. Esse ano, mesmo com o cenário de pandemia, foram efetuados mais de 20 mil procedimentos. A expectativa é realizar até o final de 2021 outras 5,2 mil cirurgias. A SMS investe mais de R$ 23 milhões por ano para execução desse tipo de cirurgia na cidade, recurso que ultrapassa em 378% o valor alocado pelo Ministério da Saúde no município de Salvador.

“Durante a pandemia, houve uma redução da produção de procedimento eletivos em todo o país. No entanto, a Prefeitura de Salvador segue com ampla oferta de cirurgias de catarata na cidade. Entendemos a importância desse procedimento por esse motivo continuamos aplicando um volume de investimento três vezes superior ao valor alocado pelo governo federal no setor em nossa cidade”, finalizou Prates.

Fonte: Secom/Prefeitura de Salvador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *