quarta-feira | 17.04 | 7:36 PM

Agosto Branco alerta para conscientização do câncer de pulmão

0Comentário(s)

Foto: Reprodução

A campanha Agosto Branco alerta a população sobre os cuidados para prevenir o câncer de pulmão, um dos tumores mais comuns e que é responsável por mortes decorrentes de câncer no mundo, provocado principalmente pelo hábito de fumar. Em Salvador, quem precisa de ajuda para abandonar o cigarro pode contar com o Programa Municipal de Controle do Tabagismo (PMCT), que é desenvolvido em 47 unidades da rede municipal de saúde.

A psicóloga da Unidade Básica de Saúde Orlando Imbassahy, em Itapuã, Rosanne Jessouroun, pontua que, ao contrário do estigma de que o fumante simplesmente não quer parar de fumar, o desejo de largar o cigarro é latente. No entanto, por se tratar de um vício, fica difícil seguir no combate ao fumo sem ajuda profissional. “Eles já chegam desacreditados, achando que não vão conseguir. O nosso papel é reverter isso, mostrando que são capazes de deixar o hábito”, afirmou.

Para realizar o tratamento gratuito, o interessado deve comparecer a um dos postos de referência da estratégia, munido com o cartão SUS de Salvador e documento oficial de identificação com foto para realização da inscrição. Na oportunidade, o paciente passará por uma entrevista para avaliar o grau de dependência.

O próximo passo é a participação numa reunião em grupo com os demais participantes do programa. Os pacientes precisam ser maiores de 18 anos. A lista completa de postos integrantes do PMCT está disponível no site www.saude.salvador.ba.gov.br .

Dinâmica – O acompanhamento das pessoas que decidem participar do PMCT é feito por uma equipe multidisciplinar composta por médicos, psicólogos, dentistas, enfermeiros e assistentes sociais, dentre outros especialistas. O fumante participa de quatro a cinco encontros, sendo um por semana, com o objetivo de estimulá-lo a parar de fumar, seja de forma imediata ou gradativa.

Além disso, é entregue ao participante cartilhas informativas, explicando o motivo da dependência e de como parar com o vício. Para os pacientes com o grau de dependência elevado, é indicado o uso de medicamentos, oferecidos gratuitamente pelo SUS.

Números – O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 30.200 novos casos para este ano no Brasil, sendo 17.760 em homens e 12.440 em mulheres. Do total de ocorrências, 85% têm relação com o tabagismo e a exposição passiva, sendo o cigarro o causador de nove em cada dez casos de câncer de pulmão em homens e cerca de oito em cada dez casos em mulheres.

Fonte: Secom/Prefeitura de Salvador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *