segunda-feira | 15.08 | 3:37 PM

Remédio contra ressaca já é vendido na Europa

O medicamento funciona por 12 horas e está sendo vendido na Europa pela internet no valor de 30 libras por 30 unidades

0Comentário(s)
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Uma novidade na linha de medicamentos promete evitar os efeitos da ressaca. A pílula que promete ser a solução do dia seguinte para a noite de exageros na bebida alcóolica, já está sendo vendida na Europa e deve ser administrada entre duas e 12 horas antes da ingestão do álcool. Dois comprimidos do suplemento Myrkl tomados conforme orientação do fabricante, promete reduzir em até 70% com a dor de cabeça, cansaço ou tontura.

De acordo com o Estadão, o efeito do remédio começa após 30 minutos da ingestão e, segundo estudos, chega a reduzir em 50% a quantidade de álcool no corpo. Os testes foram realizados em pessoas que tomaram duas taças de vinho. O medicamento funciona por 12 horas e está sendo vendido pela internet no valor de  30 libras por 30 unidades. O estoque já está esgotado.

Ainda de acordo com o fabricante, o remédio, composto pelas bactérias Bacillus Coagulans e Bacillus Subtilis e o aminoácido L-Cisteína, permite que o álcool no organismo seja quebrado em água e gás carbônico. A ideia é fazer com que essa decomposição aconteça antes de o líquido chegar ao fígado, onde o processamento da substância é mais lento.

Esse medicamento foi inicialmente desenvolvido na década de 90 e aperfeiçoado ao longo do tempo. Todos os componentes presentes são aprovados pelas agências reguladoras do Reino Unido, Europa e a FDA – dos Estados Unidos.

Apesar das vantagens, a empresa farmacêutica ressalta que esse remédio é indicado para quem vai beber socialmente. Para as pessoas com intenção de “encher a cara” o resultado não será tão promissor já que a ressaca também á ocasionada pela desidratação e baixo teor de açúcar no sangue.

 

Redação BNews

Foto: Agência Brasil