quarta-feira | 17.04 | 5:52 PM

Bahia envia ofício para a CBF reclamando da arbitragem

0Comentário(s)

Nesta terça-feira (9), o Esporte Clube Bahia divulgou, em seu site, um ofício enviado para Leonardo Gaciba, presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O documento é para protestar contra a arbitragem da partida contra o São Paulo, que ocorreu no último domingo (7). Segundo o clube, eles estão sendo vítimas de sucessivos erros de arbitragem, que impactam na tabela do Brasileirão. A saber, a representação foi enviada na segunda-feira (8) e assinada por Guilherme Bellintani, presidente, e Vitor Ferraz, vice-presidente.

“O ESPORTE CLUBE BAHIA vem, por este intermédio, denunciar a esta r. Comissão a ocorrência de erros de arbitragem cometidos em seu desfavor em jogo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A de 2021, partida ocorrida no dia 07 de novembro de 2021, às 18h:15min, no Estádio Octávio Mangabeira – Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), e disputada entre as equipes do Esporte Clube Bahia (Bahia) do São Paulo Futebol Clube (São Paulo), bem como solicitar a essa Comissão a adoção de providências cabíveis e pertinentes, conforme narrado à continuação”, inicia o Bahia no ofício.

O documento de cinco páginas aborda o lance de Hugo Rodallega, que foi marcado o impedimento em um lance ajustado. Além disso, outro lance apontado foi o do suposto pênalti de Miranda em Juninho Capixaba. O Bahia cita o fato do VAR ter chamado e expõe análises que consideram a jogada penalidade máxima, o que não foi marcada pelo juiz. Entretanto, mesmo com os erros de arbitragem que, segundo o Bahia, aconteceram, o tricolor baiano saiu vitorioso.

“Todas essas circunstâncias evidenciam a pertinência dos fundamentos ora invocados, já que suficientes para, de um lado, demonstrar o equívoco cometido pela arbitragem central da partida, e, de outro, comprovar o prejuízo experimentado pelo Bahia em decorrência da não assinalação, em seu favor, de penalidade máxima claramente ocorrida”, diz o clube.

Vale ressaltar que o Esquadrão já havia enviado uma representação a CBF antes, por conta do pênalti não marcado no jogo contra o Juventude. Outros lances são citados no documento como: pênalti não marcado contra o Palmeiras e pênalti marcado de maneira irregular para o Internacional.

“Ante o exposto, e ao tempo em que lamenta ter de mais uma vez reportar sua indignação ante erros de arbitragem cometidos em seu desfavor, o Bahia requer desta Comissão que sejam adotadas as medidas cabíveis e pertinentes no sentido de garantir uma atuação justa e equitativa das equipes de arbitragem responsáveis pelo comando dos jogos disputados pelo Bahia, primando sempre pelos critérios técnicos previstos nas Diretrizes de Arbitragem da CBF, cuja elaboração tem a interveniência desta Comissão”, finaliza o Bahia.

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *