domingo | 14.04 | 6:03 AM

Estudantes da rede estadual participam de avaliação diagnóstica de Matemática e Língua Portuguesa

0Comentário(s)

Foto: Divulgação/Ascom Secretaria da Educação

Os estudantes da rede estadual de ensino já estão participando da avaliação diagnóstica do Integra SABE (Sistema de Avaliação Baiano de Educação). A aplicação da avaliação on-line, iniciada no último dia 9, segue até o dia 20 de agosto. Já a aplicação da avaliação impressa será realizada até o dia 31 deste mês, conforme agendamento das escolas. A ação visa realizar um levantamento sobre a aprendizagem dos estudantes, por meio da avaliação das disciplinas de Matemática e Língua Portuguesa, para auxiliar as escolas da rede estadual na implementação de novas ações pedagógicas. A plataforma do SABE pode ser acessada através do endereço eletrônico.

O superintendente de Gestão da Informação da Secretaria da Educação do Estado (SEC), Rainer Wendell Guimarães, ressaltou a importância do diagnóstico como estratégia de fortalecimento das aprendizagens. “A avaliação diagnóstica é uma ferramenta importante para o planejamento pedagógico das escolas e para a garantia do direito de aprender dos nossos estudantes. Com os resultados dessa avaliação, professores, coordenadores e a gestão escolar terão condições de verificar os conhecimentos ainda não aprendidos e agir de forma mais efetiva”.

Para Tainá dos Santos, 16, 9° ano, do Colégio Estadual Maria Amélia Santos, em Salvador, que fez a avaliação, de forma on-line, a iniciativa é importante para o aprendizado. “Através da avaliação, tivemos a oportunidade de nos preparar e relembrar os conteúdos que já foram estudados. Achei as questões de Língua Portuguesas fáceis e as de Matemática foram mais medianas”, comentou a estudante, após responder as questões com os seus colegas na escola, em uma sala equipada com chromebooks.

Segundo a coordenadora pedagógica Flávia Carol de Jesus, do Colégio Estadual Maria Amélia Santos, a aplicação da avaliação diagnóstica auxilia o trabalho pedagógico de análise do percurso do estudante ao longo da sua trajetória na Educação Básica. “O resultado da avaliação ajudará a traçar um panorama do trabalho que foi realizado remotamente, além de servir como base para o planejamento de ações futuras, no sentido de fortalecer pontos que merecem atenção”, disse.

O estudante e líder de turma, Edson Barbosa Filho, 17, 2º ano, do Colégio Estadual Luiz Tarquínio, em Salvador, já está na expectativa para fazer a avaliação de sua turma prevista para a próxima semana. “Estou mobilizando e incentivando os meus colegas para fazerem a avaliação, pois é importante saber como está o nosso rendimento e poder trabalhar em cima das dificuldades encontradas através do resultado alcançado”, afirmou.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *