segunda-feira | 15.07 | 5:40 AM

Prefeitura prossegue com ações de sanitização nas escolas municipais

0Comentário(s)

Foto: Jefferson Peixoto/Secom

As 431 escolas da rede municipal de ensino de Salvador vão receber, até a sexta-feira (13), ações de sanitização por uma equipe especializada em sanitização de ambientes. A iniciativa da Secretaria Municipal da Educação (Smed) serve para reforçar as medidas já adotadas nos protocolos de segurança das instituições de ensino. O processo teve início na semana passada, nas unidades de ensino da Gerência Regional de Educação (GRE) Centro, e passou por mais de 300 escolas em diferentes pontos da cidade.

Na Escola Municipal Roberto Correia, em Pau da Lima, o trabalho foi realizado nesta quarta-feira (11) pelos profissionais que percorreram toda a extensão da instituição, já se preparando para o retorno total dos professores no próximo dia 23. Ainda hoje, os profissionais fazem a sanitização de outras 33 unidades de ensino, localizadas nas GREs de Pirajá e Cajazeiras. Até a sexta-feira (13), as ações ainda contemplarão as GREs do Subúrbio I e Subúrbio II.

A diretora da escola, Graziela Marques Silva, afirmou que a sanitização é fundamental para a retomada das aulas presenciais, principalmente neste momento de pandemia, pois traz mais segurança para a comunidade escolar e todos se sentem bem cuidados e confiantes. “A nossa escola está cumprindo os protocolos de segurança, visando acolher a todos com muito cuidado e amorosidade.”

Ela ressalta que os protocolos estão sendo seguidos em turmas que já retomaram e que cada sala recebe 50% dos alunos de forma presencial, respeitando o distanciamento, com aferição de temperatura, uso de máscaras e álcool em gel. “Nossa equipe está preparada e fica de plantão em todo espaço escolar para zelar por todas as vidas”.

Aprovação – A dona de casa Julimeire de Assis dos Santos conta que o enteado Elimar Soares, 12 anos, e o neto Davi Assis, de sete anos, são alunos da escola, nos turnos matutino e vespertino respectivamente, e acredita que a escola higienizada dá mais segurança para realizar as atividades presenciais. “As crianças estão sendo bem orientadas, vejo que elas estão usando até mais de uma máscara e sempre com álcool em gel. Todos aqui em casa vão voltar à sala de aula, porque nos sentimos preparados para retornar”.

O secretário da Smed, Marcelo Oliveira, lembrou que os protocolos sanitários já foram implementados nas unidades e vêm sendo cumpridos diariamente e que a sanitização fortalecerá ainda mais o trabalho nas instituições. A empresa responsável para realizar o serviço foi contratada por processo licitatório e ata registrada na Secretaria de Gestão (Semge).

O valor investido inicialmente para o atendimento das unidades escolares, gerências regionais e órgão administrativo central é de R$1,3 milhão. A previsão é de que sejam feitas quatro aplicações anuais a cada trimestre, mas, caso haja qualquer incidência de infecção pela Covid-19 na unidade, a realização de uma nova aplicação será solicitada sem ônus para o município.

Fonte: Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *