segunda-feira | 15.07 | 4:31 AM

Setor de eventos garante boa ocupação da hotelaria de Salvador em maio

O Centro de Convenções Salvador tem atraído eventos e congressos para a capital baiana, e movimentando toda a economia de turismo nos meses tradicionalmente mais desafiadores para essa atividade.

0Comentário(s)

Tradicional mês de baixa estação, o mês de maio revelou ocupação média de 54,34% dos hotéis de Salvador, taxa próxima a do mês anterior (54%) e acima da observada no mesmo período do ano anterior (51,82%). Este resultado é reflexo da colaboração do setor de congressos e eventos que movimentou as hospedagens nesse período.

A diária média seguiu sua trajetória ascendente, com uma média de R$ 561,39, superior a do mesmo período do ano anterior (R$ 456,66) e semelhante a de abril de 2024 (R$ 561,56). O Revpar – indicador muito utilizado na hotelaria que reflete a receita por apartamento ocupado – ficou em R$ 305,08.

Inaugurado um pouco antes da pandemia, o Centro de Convenções Salvador finalmente pode cumprir seu papel atraindo eventos e congressos para a capital baiana, e movimentando toda a economia de turismo nos meses tradicionalmente mais desafiadores para essa atividade.

Como reflexo da dinâmica trazida pelo setor de eventos, a ocupação nos dias de semana (55,51%) ficou acima da observada nos finais de semana (51%). Os feriados de maio também deram sua contribuição para suavizar os efeitos da tradicional queda na atividade observada no período.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Seção Bahia – ABIH-BA, Wilson Spagnol, para o mês de junho espera-se desempenho semelhante ao de maio, em função dos diversos eventos e congressos anunciados. “Já para o segundo semestre preparamos algumas atividades de promoção dos principais destinos turísticos do Estado, a exemplo da quarta edição do  Show Tour, importante feira de turismo que ocorrerá entre 22 e 24 de agosto deste ano, em Porto Seguro-BA, com a participação de centenas de agentes de viagens de todo o país, hoteleiros de toda a Bahia, além da presença das principais operadoras turísticas do Brasil. Também realizaremos em outubro a Hiper Blitz, evento de capacitação sobre a Bahia a ocorrer nos principais polos emissores de turistas para nosso estado. A previsão é de que mais de 3 mil agentes de viagem sejam capacitados para vender os destinos da Bahia.”

Os números do desempenho hoteleiro de Salvador aqui divulgados são frutos da Pesquisa Conjuntural de Desempenho (Taxinfo), realizada pela ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, seções Bahia e Brasil. O levantamento é digital e os dados são fornecidos diariamente pelos hotéis ao Portal Cesta Competitiva. A média resultante constitui o indicador para avaliar a evolução da atividade de hospedagem na capital baiana.

Fonte: Tribuna Da Bahia